Política de Privacidade

A presente Política de Privacidade estabelece os termos e condições ao abrigo dos quais a Intervenção – Associação Promoção e Divulgação Cultural, doravante designada “Intervenção”, (associacaointervencao.pt), com sede social em Rua da Capela, 2 Lagarelhos / São Pedro de Agostém 5400-759 Chaves, trata os seus dados pessoais e dos seus direitos nesta matéria, de acordo com o disposto no Regulamento (EU) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho – Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (“RGPD”) e restante legislação aplicável em matéria de privacidade e proteção de dados.

Os dados pessoais específicos que serão tratados e a forma como vão ser utilizados dependem em grande medida dos serviços por si solicitados e consigo acordados. A presente política de privacidade aplica-se aos dados pessoais dos nossos Utilizadores no âmbito da utilização do Website associacaointervencao.pt, sempre que estes sejam pessoas singulares.

Este website e Política de privacidade correspondente são geridos por: Intervenção – Associação Promoção e Divulgação Cultural, doravante designada “Intervenção”, NIPC 507408039 com sede social em (Falta Morada fiscal).

Por favor tenha em conta que antes de utilizar os nossos serviços ou funcionalidades, o utilizador deve ler nesta Política de Privacidade, bem como os Termos e Condições na secção específica relativa a cada serviço ou funcionalidade. Em cada secção o utilizador pode verificar se existem condições específicas de utilização ou se estas exigem tratamento específico dos seus Dados Pessoais.

Não fornecer determinadas informações obrigatórias pode resultar no facto de não ser possível gerir o seu registo enquanto utilizador ou utilizar determinadas funcionalidades ou serviços disponíveis através do Website.

Pelo presente documento o utilizador garante que os Dados Pessoais aqui disponibilizados são verdadeiros e exatos e aceita reportar alterações e modificações. Caso o utilizador nos disponibilize Dados Pessoais de terceiros este fica responsável pela sua disponibilização e respetiva obtenção de consentimento a respeito da disponibilização em causa para os efeitos indicados nas secções correspondentes desta Política de Privacidade. As perdas ou danos causados à Plataforma, aos Gestores de Dados ou a terceiros mediante comunicação de informação errada, inexata ou incompleta nos formulários de registo será da exclusiva responsabilidade do utilizador.

Os Gestores de Dados utilizam os Dados Pessoais, conforme aplicável, para os seguintes efeitos:

  1. Gestão do registo como utilizador do Website. Os Dados Pessoais que o utilizador Nos disponibilizar são utilizados para o identificar como utilizador do Website e dar-lhe acesso às suas diferentes funcionalidades, produtos e serviços disponíveis aquando do registo como utilizador.
  2. Preparação, cumprimento e execução do contrato de compra e venda relativo aos produtos adquiridos ou qualquer outro contrato celebrado connosco através da Plataforma. Especificamente, o utilizador deve ter presente o seguinte:
    i. caso opte pela opção guardar cartão, o utilizador dá a sua autorização expressa para o tratamento de dados a serem utilizados conforme necessário para a respetiva ativação e desenvolvimento. O código de segurança do cartão (CVV ou CVC) só deve ser utilizado para realização da compra, não devendo ser arquivado ou tratado subsequentemente como partes dos dados de pagamento. Consentir na ativação desta funcionalidade significa que os dados do utilizador vão aparecer automaticamente nestes campos ao proceder a compras futuras, de modo a não ser necessário que o utilizador volte a inserir os dados novamente para cada nova compra, uma vez que os mesmos serão considerados válidos e prontos. O utilizador pode alterar ou apagar os respetivos cartões a qualquer momento através da secção Área de Cliente. Armazenamos e transmitimos os dados do cartão de utilizador segundo as principais normas internacionais de confidencialidade e segurança para cartões de crédito e débito. A utilização desta função pode requerer que o utilizador altere a palavra-chave de acesso por razões de segurança. Recorde que essa segurança na utilização da Plataforma também depende da utilização correta e armazenamento de determinados códigos confidenciais.
  3. Contacto por correio eletrónico, SMS ou outra forma equivalente de comunicação eletrônica, como notificações push da App, etc., a respeito de atualizações ou comunicações informativas relacionadas com funcionalidades, produtos ou serviços contratados, incluindo atualizações de segurança do website, quando necessário ou razoável à respetiva implementação.

Os seus dados pessoais serão recolhidos e processados pela Intervenção. apenas para fins relacionados ao uso deste site, aos serviços a este associados e à venda de produtos, bem como, para uma melhoria no serviço de apoio ao cliente.

No entanto, os seus dados pessoais podem também ser utilizados para outras operações de processamento, em particular, os seus dados pessoais podem ser tratados para os seguintes fins:

  1. Realizar uma compra – Recolhemos os seus dados pessoais no formulário de compra, apenas para efeitos de venda, separação e transporte dos produtos encomendados por si;
  2. Solicitar uma assistência de Apoio ao Cliente – Recolhemos os seus dados pessoais apenas com o objetivo de lhe fornecer os serviços de Apoio ao Cliente do nosso website com maior eficiência possível;
  3. Registo de Conta – Recolhemos os seus dados pessoais a fim de simplificar a elaboração de uma futura encomenda;
  4. Subscrição Newsletter – Recolhemos o seu email com o objetivo de proceder a uma publicitação personalizada dos nossos produtos e serviços disponíveis ao utilizador através de correio eletrónico, notificações push através de qualquer outro meio eletrónico ou de terceiros. Pode cancelar o registo da Newsletter a qualquer momento seguindo a informação que disponibilizamos em cada comunicação.
  5. Informação relativa a cookies – Utilizamos cookies, que são pequenos ficheiros com informação relativa à navegação do utilizador na Plataforma, cujo principal propósito é tornar a sua navegação mais fácil. Por favor leia nossa Politica de Cookies para saber mais sobre as cookies que usamos, as finalidades e outras informações relevantes.

Só guardamos os seus dados pessoais pelo tempo necessário para atingir a finalidade para a qual os recolhemos, para responder às suas necessidades, às solicitações que nos dirigir, ou para cumprir com as nossas obrigações contratuais e legais. Para determinar o período pelo qual guardamos os seus dados, usamos os critérios referidos infra. Caso se apliquem vários critérios simultaneamente, conservaremos os seus dados pessoais nos termos do critério que implicar a conservação dos seus dados pessoais pelo maior período de tempo.

  1. Quando adquirir produtos e serviços, conservaremos os seus dados pessoais durante a vigência da nossa relação comercial, incluindo eventuais reclamações que possam surgir, bem como e pelo período de dez 10 anos após a cessação de tal relação, sem prejuízo do cumprimento de obrigações legais do responsável do tratamento;
  2. Quando nos contactar para colocar questões, solicitar informações e esclarecimentos, conservaremos os seus dados pessoais pelo período de tempo necessário para resolver a sua questão/prestar-lhe as informações e/ou esclarecimentos solicitados;
  3. Quando criar uma conta cliente, isto é, quando se registe no nosso website, conservaremos os seus dados até que nos peça para os apagar ou após um período de inatividade de dois 2 anos;
  4. Quando tenha consentido no envio de marketing direto, conservaremos os seus dados pessoais enquanto se mantiver a finalidade determinante da recolha ou até que anule a subscrição ou nos peça para a eliminar;
  5. Relativamente à utilização de cookies, conservamo-los enquanto for necessário para atingir as finalidades inerentes aos mesmos, conforme detalhado na Política de Cookies;
  6. O período de tempo previsto na legislação aplicável; ou
  7. Até que o propósito específico aplicável a determinados dados deixe de existir.

Em qualquer uma das referidas situações, caso exista processo judicial ou contraordenacional pendente, os dados serão conservados ainda durante o período de duração do processo e até seis meses após o trânsito em julgado de decisão que venha a ser proferida.

Findos os prazos de conservação acima referidos, os dados pessoais serão eliminados e/ou apagados de forma absolutamente segura.

Os Gestores de Dados comprometem-se a respeitar a confidencialidade dos Dados Pessoais do utilizador e a garantir o exercício dos respetivos direitos.

O utilizador pode exercer os respetivos direitos de acesso, retificação, cancelamento e oposição através do envio de um correio eletrónico para : [email protected], indicando o motivo do pedido.

Caso decida exercer estes direitos e se um dos dados pessoais fornecidos for o seu endereço de correio eletrónico pedimos o favor de especificar esta circunstância no seu pedido escrito, indicando o endereço de correio eletrónico a partir do qual deseja exercer os seus direitos de acesso, retificação, cancelamento e oposição.

Ao utilizar o nosso website confirma que aceita os termos desta Política de Privacidade, assim como os nossos Termos e Condições. Caso não concorde com os termos da nossa Política de Privacidade e os nossos Termos e Condições, solicita-se que não nos forneça informações e cesse a utilização do nosso website.

O utilizador garante que os dados pessoais comunicados à Intervenção, (associacaointervencao.pt) são certos e exatos e compromete-se a notificar qualquer alteração ou modificação aos mesmos e assume responsabilidade exclusiva pelas perdas e danos causadas pela comunicação errónea, inexata ou incompleta dos dados. O utilizador fica expressamente advertido que ao revelar dados pessoais em meios públicos da Intervenção, (associacaointervencao.pt) como Facebook, Twitter e Instagram, esta informação poderá ser vista e utilizada por terceiros. A Intervenção, não lê nenhuma comunicação pessoal publicada nas páginas web próprias dos seus clientes.

Tem também o direito de apresentar uma reclamação à sua autoridade de controlo local, que em Portugal é a Comissão Nacional de Proteção de Dados. Pode contactá-la das seguintes formas:

Se pretender exercer algum destes direitos ou retirar o seu consentimento para o tratamento dos seus dados pessoais (caso o consentimento seja a nossa base jurídica para tratar os seus dados pessoais), contacte-nos. Tenha em atenção que poderemos manter um registo das suas comunicações para nos ajudar a resolver quaisquer questões suscitadas por si.

A Intervenção, (associacaointervencao.pt) utilizará as medidas de segurança necessárias para a proteção dos seus dados pessoais, contra a destruição acidental ou ilícita, a perda acidental, ou o acesso não autorizado, e contra qualquer outra forma de tratamento ilícito.

Contudo, a Intervenção, (associacaointervencao.pt) não pode garantir que as medidas de segurança adotadas para a proteção deste site irão impedir ou excluir qualquer risco de acesso não autorizado ou perda de dados. Assim, aconselhamos que o seu computador esteja equipado com dispositivos de software que o protejam na transmissão e receção dos seus dados.

subscribe for updates.

Newsletter

There are many variations of passages of Lorem Ipsum available, Lorem ipsum dolor sit amet, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut.

Oficinas/Workshops/Mesas redondas

Título da Oficina:

Grupo de Trabalho: Envelhecimento na comunidade como método para um envelhecimento

Orientador:

Dr. Albino Viveiros – Exerce funções como técnico superior de animação sociocultural na Câmara Municipal de Machico.

Sinopse :

O objetivo do grupo de trabalho é a discussão/reflexão em torno das questões prementes do envelhecimento ativo a partir do paradigma do envelhecimento na comunidade. Este paradigma é o ponto de partida para o debate sobre as “políticas de envelhecimento” integradas no horizonte dos âmbitos cultural, educativo e social. 

Título da Oficina:

Grupo de Trabalho: O terreno social e os agentes de intervenção

Orientador:

Professora Doutora Florbela Samagaio

Sinopse :

Atribuir visibilidade social aos profissionais do trabalho social junto dos idosos; sensibilizar para a diversidade de perfis profissionais  tendo o idoso como destinatário direto ;promover o trabalho interdisciplinar em torno dos profissionais que trabalham com idosos; estimular a participação dos profissionais na aferição das respetivas identidades profissionais

Obs:

Este Grupo de trabalho apenas funciona na 5ª feira

Título da Oficina:

Oficina sobre Educação Comunitária Intergeracional

Orientador:

Professora Doutora Lurdes Nico e Professor Doutor Bravo Nico

Sinopse :

A Educação Comunitária Intergeracional oferece um Ecossistema Solidário vital e de relação humana em que o processo de envelhecimento é encarado como uma dimensão humana natural e, simultaneamente, uma oportunidade de construção de processos educativos, participados e solidários.

Título da Oficina:

Workshop – Exercícios de dupla tarefa para idosos com e sem demência.

Orientador:

Professora Doutora Michele Marinho da Silveira. Fisioterapeuta com estágio Pós-Doutoral em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Doutora em Gerontologia Biomédica pela PUCRS e Mestre em Envelhecimento Humano pela UPF.

Atua como atendimento de idosos e é professora na faculdade IMED em cursos de graduação na área da saúde

Sinopse :

Esta oficina tem como objetivo a partilha de técnicas de avaliação e intervenção centradas na funcionalidade do idoso. As demências são doenças crônicas em que ocorre a perda progressiva da cognição, com comprometimento de suas funções sociais e funcionais. Consequentemente, a funcionalidade envolve a diminuição da autonomia e/ou da independência restringindo a participação social do indivíduo. Por sua vez, a independência e autonomia estão intimamente relacionadas ao funcionamento integrado e harmonioso dos seguintes domínios funcionais: cognição, humor/comportamento, mobilidade e comunicação.

Portanto, esta oficina incluirá práticas com exercícios de dupla tarefa para idosos com e sem demência buscando estimular a funcionalidade motora e cognitiva. 

Título da Oficina:

Oficina: metodologia e técnicas participativas para o desenvolvimento de novos projetos de animação sociocultural para idosos

Orientador:

Professor Doutor Victor Ventosa

Sinopse :

Mediante a aplicação de una metodologia ativa e das suas  correspondentes técnicas de participação, desenharam se  em pequenos grupos alguns provectos inovadores de animação sociocultural cone pessoas idosas  a partir de determinadas variáveis descritas  na minha conferencia sobre o envelhecimento  no  futuro.

Obs:

Esta oficina apenas funciona na 6ª feira

Título da Oficina:

Oficina: da escuta à participação: uma proposta para a intervenção comunitária com idosos.

Orientador:

Dr. Luis Gómez García – Licenciado em Historia. Pós-graduação em Gerontologia Social. Gerente de Hartford, S.L.

Sinopse :

Esta oficina oferece aos participantes uma visão de una proposta de metodologia e de técnicas para a ajuda a centrarem-se no foco da intervenção comunitária a partir da dimensão social.

Título da Oficina:

Workshop – Animação Teatral e Envelhecimento Ativo

Orientador:

Mestre Laura Patrícia Silva Fernandes Faria Ganilo – Mestre em Educação Artística com especialização em Teatro na Educação pela Escola Superior de Educação de Lisboa. Licenciada em Animação Sociocultural pela Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto da Guarda. Atualmente é Animadora Sociocultural na Associação de Reformados de Benfica e colaboradora no Centro de Apoio ao Estudo, Grandes Ideias. Foi professora de Expressões do 1º Ciclo, durante dois anos.

Sinopse :

Este workshop tem como objetivo a partilha de métodos e técnicas de Animação Teatral, salientando a importância do uso da Criatividade e do Imaginário quando planeamos atividades teatrais para idosos. O trabalho será dinamizado com base no conceito de envelhecimento criativo e na fomentação do espírito crítico. Despoletando, desta forma, a partilha de ideias e o trabalho em grupo.

Título da Oficina:

Oficina de Dança Criativa

Orientador:

Professora Doutora
Alexandra Leiria-Formigo – Doutorada em Sociologia, área da Saúde, pela
Universidade de Évora, Portugal. A exercer funções como Enfermeira
Especialista em Reabilitação, no Centro de Saúde de Évora (Unidade de
Saúde Familiar SOL).

Sinopse :

Os efeitos da prática da dança criativa traduz-se em melhorias significativas no peso; altura; índice de massa corporal; força; resistência e flexibilidade dos membros superiores e inferiores; mobilidade física (agilidade, velocidade, equilíbrio dinâmico e resistência aeróbica); satisfação com a vida e consequentemente nas atividades de vida diária

Título da Oficina:

Grupo de Trabalho: A intervenção social junto dos idosos: perceções das identidades profissionais a partir do terreno

Orientador:

Professora Doutora Florbela Samagaio – Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.
Intervenão em projetos como Trajetórias Socioprofissionais, Voluntariado Missionário , Educação e capacitação para os Direitos na Infância e Juventude, Relações Escola-Família e Mapeamento Digital de territórios de vulnerabilidade social.

Sinopse :

Este grupo de trabalho  visa a criação de um espaço de debate e de troca de saberes e de experiências sobre os perfis profissionais do trabalho social com idosos e sobre modelos de intervenção social e práticas de referência a partir da experiência de trabalho no terreno.

Obs:

Funciona apenas no dia 7

Título da Oficina:

Grupo de Trabalho: Concretização da Criação de Rede Lusófona de Animação Sociocultural e Revista Cientifica de Animação Sociocultural

Orientador:

Coordenação: Professor Doutor Marcelino de Sousa Lopes /Dr. Dantas Lima/ Dr. Albino Viveiros/ Professor Doutor Ernesto Candeias/ Professor Doutor Joaquim Escola/ Professor Doutor Rui Fonte

Sinopse :

Processo de concretização dos projetos: Rede Lusófona de Animação Sociocultural e Revista Cientifica de Animação Sociocultural

Obs:

Funciona apenas no dia 8

Título da Oficina:

Oficina de Criatividade e a descoberta do “Eu”

Orientador:

Mestre Hugo Castro Andrade Mentor, dinamizador e dirigente da Associação Olho.te, no Funchal. Mestre em Teatro – Especialização em Teatro e Comunidade pela Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa. Ator profissional de Teatro pela Escola Profissional Ballet Teatro no Porto. Formador de Expressão Dramática ao Curso de Animador Sociocultural na Escola Profissional Atlântico. Fundador e orientador do Grupo Teatro Sénior Mina d’Arte da Amadora (Teatro de Identidades).

Sinopse :

Esta oficina procura a criatividade e descoberta do “eu” interior através da ” viagem” que cada um/a “percorre” durante a sessão de concentração e meditação imbuído/a na música de fundo e voz de quem orienta a sessão. As emoções como a raiva, medo, nojo, felicidade, tristeza, surpresa, ansiedade, amor, depressão, desprezo, orgulho, vergonha, inveja, vêm ao de cima. Os protagonistas entram no estado de “voo” e projetam através do desenho, pintura, colagens, escritos, as emoções, memórias, histórias, sentimentos, pertença do seu espaço, que é seu corpo e mente, território e identidade, na forma de mapas à escala que cada um/a atribui

Título da Oficina:

Oficina Intervenção em grupo – sugestões e operacionalização das mesmas.

Orientador:

Mestre Susana Duarte – Licenciada e mestrada em Psicologia Clínica e da Saúde, pela Universidade da Beira Interior. Pós-graduada em Intervenção com doentes de Alzheimer e outras demências, pelo Instituto Miguel Torga. Formação em Arte terapia e musico terapia, pela Education and Culture DG – Lifelong Learning Programme, Bulgária.. Atualmente exerce atividade na UCCI da SCM de Castelo Branco. Formadora e facilitadora de Grupos de Suporte Emocional para Cuidadores informais. Criadora de jogos de intervenção em grupo para idosos e dinâmicas intergeracionais. Organizadora e palestrante em diversos seminários e congressos. Autora do livro Protocolo Individual de Estimulação Cognitiva.

Sinopse :

O principal objetivo da oficina será uma breve recolha das necessidades sentidas junto dos participantes, com vista à partilha de sugestões de intervenções em grupo e/ou individuais que capacitem os mesmos de conhecimentos aplicáveis à sua realidade. Partilhar sugestões de intervenção na estimulação/manutenção cognitiva promotora de uma boa qualidade de vida e autonomia. Empoderar os participantes com técnicas de inteligência emocional que lhes permita atuar sem negligenciar o seu próprio bem-estar e realização pessoal/profissional.

Título da Oficina:

Oficina Planos de atividades para idosos – da teoria à prática

Orientador:

Mestre Ana Marta Martins – Mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, licenciada em Animação Socioeducativa pela Escola Superior de Educação de Coimbra.

Sinopse :

São vários os estudos que comprovam que a animação sociocultural é fundamental nas diversas estruturas de acolhimento de idosos devido às suas vantagens no aumento da qualidade de vida do idoso. Para que isso seja possível, é necessário que a animação seja bem pensada, estruturada e de acordo com as necessidades e interesses do seu público. Acima de tudo, necessita de aliar o saber, ao saber-fazer e fazer com um propósito.

Desse modo, a presente oficina pretende partilhar algumas dicas de como elaborar planos de atividades para idosos institucionalizados, começando com algumas luzes teóricas e, posteriormente, passando para experiências práticas.    

Título da Oficina:

Oficina Corpo e Mente Ativa – Princípios de Desenvolvimento e Bem-estar

Orientador:

Doutoranda Andreia Santos em Motricidade Humana, pela Universidade de Lisboa

Sinopse :

É imprescindível uma intervenção no envelhecimento ativo assente numa metodologia multidimensional e integrada, pelo que a compreensão das competências motoras, afetivas e cognitivas é fundamental para uma intervenção bem direcionada. Nesta ação pretende-se refletir, de forma partilhada e integrada, sobre as práticas catalisadoras do Desenvolvimento e Bem-estar dos séniores sob uma perspetiva de envelhecimento ativo e saudável. Objetivos: Conhecer e/ou aprofundar conhecimentos sobre a intervenção psicomotora na população sénior, sob a perspetiva: Corpo e Mente ativa; Desenvolver uma perspetiva integrada e multidimensional, orientada para as soluções e recursos, na intervenção.

Obs:

Esta oficina apenas funciona no dia 26 de Novembro

Título da Oficina:

Oficina: “Olhar o passado para o reinventar”

Orientador:

Professora Doutora Madalena Leitão, Professora Doutora Helena Tomás; Professora Doutora Margarida Afonso; e Dra. Paula Peres – docentes da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco. 

Sinopse :

Esta oficina, baseada em experiências desenvolvidas com alunos de Animação, parte de um elemento artesanal de tradição popular para a exploração de materiais, de forma a criar soluções alternativas mais contemporâneas, potenciando assim os saberes dos mais idosos, numa perspetiva interdisciplinar e intergeracional.

Título da Oficina:

Oficina: “Bom dia, jovens! Como é que estamos hoje?”

Orientador:

Doutoranda Cristina Coelho – Licenciada, mestre e doutoranda em Serviço Social. Prof.ª Doutora Isabel de Sousa –Doutora em Serviço Social. Assistente Social em autarquias locais (1980-2012). Docente no Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa

Sinopse :

Teremos nós consciência da forma como comunicamos, nas interações do dia-a-dia profissional, as nossas perceções sobre o envelhecimento e o ser idoso? Para a dinamização desta oficina, inspiramo-nos na metodologia CARM (Conversation Analitic Role-play Method) desenvolvida por Elisabeth Stokoe. Esta metodologia utiliza gravações de interações verbais em contextos naturais (sessões de trabalho com utentes, por ex.) e respetivas transcrições. Os dados serão co-analisados com os participantes.

Título da Oficina:

Grupo de Trabalho
Envelhecimento ativo e diálogo entre gerações: O contributo do projecto MRIR

Orientador:

Carolina Carvalho | Instituto de Educação – Universidade de Lisboa

Sinopse :

Neste grupo de trabalho procuramos apresentar e debater alguns exemplos centrados nas metodologias de resgate da memória, de modo a mostrar como as experiências de escolarização se tornam um património de toda a comunidade, tornando possível realizar comparações, estabelecer relações entre grupos e entre gerações diferentes, constituíndo um importante estímulo para a coesão social, para a integração das comunidades e para a valorização das suas identidades

Título da Oficina:

Teatro Humano – Metodologias artísticas de intervenção junto dos idosos

Orientador:

Professora Doutora Rita Maria Bastos Wengorovius – Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa – IPL

Sinopse :

Os participantes irão realizar exercícios de TEATRO UMANO aplicados ao envelhecimento criativo e ás técnicas teatrais de Teatro á janela. Criação e apresentação de performance ARTE É ESPERANÇA

preloader